dezembro 20 2018 0comment

Quem tem medo de partitura? – 7 dicas para destravar sua leitura musical

Você já quis muito tocar uma música, mas desistiu porque travou na leitura da partitura? Ou alguma vez alguém te convidou para tocar em grupo, mas você falou que não poderia, porque não ia conseguir ler as músicas a tempo? Você só consegue tocar a música quando ela está decorada ou quando você tira de ouvido? Não se desespere, isso é muito comum entre os estudantes de música e não só entre os iniciantes. Ler partituras é o terror de muitos alunos, porém desenvolver a habilidade de leitura é essencial para progredir no aprendizado da música. Por isso vamos listar 7 dicas para quem quer destravar sua leitura musical.  E acreditem, não é tão difícil quanto parece!

Porque é importante saber ler partitura?

 

Linguagem universal


Já parou para pensar que se você encontrar um músico do Japão, mesmo sem entender uma palavra do que ele diz, vocês poderão tocar uma mesma música. Basta que vocês tenham a partitura e que os dois saibam lê-la. Muito legal, não? Isso acontece por que a música é uma linguagem universal e a notação musical também é.

 

Mais músicas, menos tempo

 

Além da leitura musical ser uma forma de se entender e se comunicar musicalmente, saber ler partituras é poder aprender mais músicas em menos tempo. Isso acontece porque, decorar uma música é um processo demorado. Então se você sabe ler a partitura, não vai precisar decorar e vai sair tocando em muito menos tempo. Melhor ainda quando você consegue atingir o nível de leitura à primeira vista.

 

Como destravar minha leitura musical?

 

 1) Comece pelo começo (e estude por partes)

 

 

Pode parecer óbvio, mas é essencial. Não importa se você já sabe quais são as notas no pentagrama, as claves musicais e o que indica cada figura rítmica, é preciso começar a treinar tudo do começo. Para uma ideia se fixar no seu cérebro ela precisa ser repetida muitas vezes e de preferência de forma isolada de outras informações. Quando você estuda muita coisa ao mesmo tempo, você absorve muito menos do que se você focasse em uma coisa por vez.
Então, por exemplo, comece estudando a parte rítmica. Ignore a melodia e leia exclusivamente as figuras rítmicas. Depois passe para a leitura melódica. Se você é pianista, comece a parte melódica lendo apenas uma clave (a de sol) e depois passe para a outra (a de fá). Esteja muito firme na leitura de ambas as claves antes de tentar lê-las juntas.

 

2) Músicas simples

 

Não tenha vergonha de dar um passo para trás. Pode ser que a sua técnica no instrumento já seja boa o suficiente para tocar músicas mais difíceis, mas para treinar a leitura musical você terá que retroceder no nível de dificuldade. Isso não quer dizer que você não possa continuar treinando e tocando músicas difíceis, mas elas não vão te ajudar no treino de leitura. O que realmente funciona é começar pelo mais básico possível, e conforme for ficando fácil você vai aumentando a dificuldade das partituras. Uma dica para começar, é pegar livros de músicas infantis. Pode parecer chato, ou desinteressante, mas é um ótimo treino para começar a destravar sua leitura musical.

 

3) Tempo lento

 

Tá com pressa do que? Não tem nenhum motivo para você querer ler as partituras na velocidade da luz. Ninguém vai conseguir ler super rápido no começo e tentar isso só vai trazer frustração. Leia o mais lento possível, mas que garanta que você consiga manter a leitura numa velocidade constante.  

 

4) Comece lendo músicas que goste

 

Para qualquer treino ficar melhor é preciso ter fontes de recompensa. Ler partituras de músicas que você gosta é uma forma de deixar o treino mais divertido. Com isso você terá a percepção de evolução muito mais rápido. Porém não se limite só a essas músicas.

 

5) Passe para músicas que nunca ouviu

 

Se você só tocar músicas que você gosta ou já ouviu, você pode ficar “refém” do seu ouvido. Ou seja, você não vai estar lendo 100% a partitura. Algumas notas você vai estar adivinhando a partir do que o seu ouvido já conhece. Por isso, para você treinar única e exclusivamente a leitura é preciso pegar partituras de músicas que você nunca ouviu. Pode parecer desafiador, mas é o que vai gerar resultados à longo prazo.

 

6) Pratique a leitura à primeira vista

 

A leitura à primeira vista deixa muitos estudantes de música de cabelo em pé. Em vestibulares de faculdades de música, ou em seletiva para orquestras, coros e outros grupos musicais, a leitura à primeira vista é utilizada como etapa eliminatória. Esse tipo de leitura nada mais é, como o nome sugere, ler uma música que você nunca viu, pela primeira vez. Você é apresentado à uma partitura e precisa tocar, de primeira, o que lá está escrito.

 

Para treinar esse tipo de leitura existem algumas regras: escolha um andamento (pode ser bem lento) e mantenha o tempo constante. Se você errou alguma nota (o que vai ser muito comum de acontecer) não pare e volte do começo. Ao fazer isso você estará lendo o começo da música pela segunda vez, e segunda vez não é “à primeira vista”. Por isso, nunca repita a leitura de uma mesma partitura. Sempre que for iniciar esse treino, é preciso ter um material que você nunca leu.

 

7) Pratique constantemente

 

 

Tenha constância em seu estudo. Nada adianta estudar 3 horas de leitura em um dia e ficar outros 10 dias sem nem olhar uma partitura. É melhor estudar 15 minutos de leitura por dia, mas todos os dias, do que estudar muito em um e nada em outro. Não tem outro jeito, o resultado vem com prática e repetição.

 

Esperamos que essas dicas te ajudem a evoluir na leitura musical. Mas não se esqueça que a musicalidade está muito além do pentagrama. A partitura é uma excelente forma de registrar e ler músicas, mas não fique engessado nelas. O que tem de mais mágico na música é a sua expressão, sua interpretação em cima do que está escrito. Já disse o violoncelista Pablo Casals: “o coração da melodia não pode ser colocado no papel”. Por isso, sempre vá além.

 

E é claro, se você quer evoluir ainda mais na música, nada melhor do que o acompanhamento de um bom professor. Aqui na Artlivre nós temos uma equipe de professores extremamentes preparados para te oferecer o melhor aprendizado musical. Se você tem interesse e quer saber mais sobre os nossos cursos, entre em contato com a unidade mais próxima de você:

Unidade 1 – Chácara Santo Antônio: (11) 99183-1832

Unidade 2 – Alto da Boa Vista: (11) 97606-4152

Unidade 3 – Jd Marajoara: (11) 99274-3761