outubro 12 2018 0comment

Por que a música é o melhor presente para uma criança?

O contato com a música, para qualquer pessoa, é extremamente benéfico e tem impactos positivos na saúde física e psicológica. Agora, quando esse contato é feito ainda na infância, os benefícios são multiplicados. Isso acontece porque, como as crianças ainda estão com o cérebro em formação, elas estão mais suscetíveis a absorver os efeitos incríveis da música. E durante esse processo, esse contato auxilia no desenvolvimento da cognição, ou seja, a capacidade da criança adquirir conhecimento.

Alguma vez você já reparou que inúmeros brinquedos para crianças pequenas emitem sons, barulhos e muitas vezes músicas? Isso não é aleatório. A verdade é que ao assimilar esses sons a criança está estabelecendo diversas conexões cerebrais. E isso ajuda o desenvolvimento de muitas habilidades como a coordenação motora, a fala, a dicção, entre outras.

Se apenas ouvindo música uma criança já é beneficiada, interagindo com ela então, o desenvolvimento é ainda maior. É cientificamente comprovado que crianças que começam a tocar um instrumento musical, ou a ter contato com essa área através da musicalização infantil, antes dos 5 anos, apresentam o lobo frontal do cérebro mais desenvolvida, a parte responsável pelo raciocínio lógico e abstrato.

Ian Thuring, aluno da Artlivre, aprendendo guitarra

Musicalização Infantil

Explicando de uma forma simples, a musicalização infantil é como se fosse a pré-escola do ensino de música. Nela, a criança não aprende a tocar um instrumento musical específico, mas entra em contato com vários instrumentos e principalmente, participa de atividades lúdicas que visam ampliar a sensibilidade e os conhecimentos musicais.

Não é preciso fazer musicalização antes de começar a aprender um instrumento, mas os alunos que passam por essa etapa estão um passo à frente por já estarem familiarizados com conceitos básicos de ritmo, melodia, entre outros. Mesmo sem saber o nome e os termos do que estão aprendendo, os pequenos estão conhecendo elementos da linguagem musical, através de atividades divertidas. Nesse ambiente a criança entra em contato com diversos instrumentos e, futuramente, a ajuda a escolher aquele que mais gosta para aprender a tocar.  

Nosso aluno, Leo Thuring, conhecendo a bateria. Olha que felicidade!

 

Quais são os benefícios da musicalização?

 

  • Raciocínio matemático

Há quem diga que a música é pura matemática. As pessoas podem até estranhar essa afirmação, já que a música é uma arte e não uma ciência exata, mas ela não deixa de ser extremamente numérica. O ritmo, a forma, as escalas musicais, todos esses conceitos envolvem muita matemática e não é a toa que quem estuda música acaba desenvolvendo esse raciocínio lógico.

Uma pesquisa, realizada em uma universidade norte-americana (Wisconsin), avaliou um grupo de crianças, nas quais metade não recebeu aula de música e a outra metade recebeu. A pesquisa revelou que as crianças que tiveram aulas de música obtiveram um resultado de 15% a 41% maiores em testes de frações e porcentagens, do que o grupo que não teve aulas.

 

  • Comunicação

 

Outra habilidade que é muito desenvolvida na musicalização é a capacidade de comunicação. A música também é uma linguagem e quando a criança está em contato com ela, cantando ou escutando, ela memoriza novas palavras, aprende a formular frases e vai melhorando sua dicção. Por isso a música é uma ótima aliada durante o processo de alfabetização de uma criança.

 

  • Memória

 

Para cantar uma música, é necessário decorar a letra. Para tocar uma música (sem o acompanhamento da partitura) é necessário decorar as notas e isso exercita a memória sequencial. Além disso, a música é uma ótima forma de fixar dados no cérebro, tanto é que muitos professores, de diversas matérias, inventam pequenas músicas para ajudar os alunos a decorarem um determinado conteúdo.

 

  • Coordenação Motora

 

A maioria dos instrumentos musicais demandam habilidades motoras bem desenvolvidas. Tocar piano por exemplo, exige total independência de uma mão para a outra. Nos instrumentos de corda também, já que enquanto uma mão executa uma ação (formar os acordes por exemplo) a outra faz algo completamente diferente (tocar as cordas). Quando a criança começa a tocar um instrumento, ela está desenvolvendo a motricidade fina e grossa (que são a capacidade de utilizar os músculos pequenos e grandes do corpo).

Nosso aluno Ian, aprendendo a segurar e posicionar o violão.

 

Depois de tantos benefícios, dá para perceber como a música pode ser a melhor aliada ao desenvolvimento de uma criança, não é? É por isso que o contato com a música é um dos melhores presentes que você pode dar a uma criança. Seja por meio de apresentá-la e fazê-la escutar música, ou principalmente, proporcionando para ela a oportunidade de começar a aprender música.

Se quiser saber mais sobre o curso de musicalização infantil da Artlivre, escolha a Unidade mais perto de você, clique no link e entre em contato:


Unidade 1 – Chácara Santo Antônio: (11) 99183-1832
Unidade 2 – Alto da Boa Vista: (11) 97606-4152
Unidade 3 – Jd Marajoara: (11) 99274-3761